Conjuntos musicais que utilizam o marketing digital e a tecnologia alcançam uma expressiva notoriedade no mercado.

A Banda de rock paulistana O TERNO e seu videoclipe da música “Não espero mais” conquistou e gerou buzz na internet. O lançamento permitiu o vídeo a surfar para além da cena indie.

Mais de 34 mil views em menos de 24 horas

Bom, quem já viu o clipe no exato dia do lançamento no youtube, já sabe que o videoclipe estava figurando no topo dos 50 mais em alta na plataforma naquele dia. Foi mais uma das produções bem sucedidas que utilizam das estratégia do Marketing Digital. 

Durante todo o clipe é possível perceber as diversas influências da internet, a linguagem das mídias sociais sendo referência incorporada pelo vídeo. A produção é tão conectada que são usados elementos do universo online contemporâneo, como memes, lives, emoji e muitos outros.

Sim, em vários momentos do clipe você vê a banda tocando e cantado, porém, com um diferencial. A todo momento é como se você navegasse dentro de sites e páginas da web. Fica evidente a questão da metalinguagem, que de forma objetiva é quando se faz uso da linguagem para falar que algo está falando. Parece complicado? Calma, garanto que não é papo de maluco.

Machado de Assis já usava essa linguagem em sua literatura. É muito comum na comunicação se valer da metalinguagem, seja em literatura ou publicidade. A inovação está em usar como ferramenta de marketing ou marketing digital, para vetorizar a mensagem. Nesse caso a música, no formato audiovisual na maior plataforma de vídeos do mundo. A.K.A youtube.

Viu só como a ideia de inovação utilizando recursos da internet nos ajuda a obter resultados positivos?

O mais interessante é o quanto esses conjuntos conseguem atrair resultados positivos em questão de repercussão, entenda-se views, likes, comentários e compartilhamentos.

Com a inovação audiovisual/marketing digital já garantiu mais 300 mil visualizações no canal do grupo. Além do expressivo número de pessoas que passaram a conhecer o conjunto por meio virtual.

Mas antes, confira o Clipe “Não é mais”: https://www.youtube.com/watch?v=TUATZgrVlT0

Share This