As tendências estéticas de marcas famosas

Já notou como as marcas famosas (e também as wanna be) estão repensando o design. Agora a meta é ser simples, mas sem deixar de seguir sua essência e legado.

As estratégias de inovação por meio do marketing digital tem modernizado vários conceitos de marca. Cada vez mais cresce a busca por brands simples e atraentes. Para isso, é possível encontrar vários estilos. Entre os diversos existentes, separamos 3 utilizados por grandes empresas famosas e consolidadas.

1. Minimalista

O conceito de marcas minimalistas consiste em focar mais na simplicidade no rótulo das embalagens. É raro ainda se deparar com esse tipo de estratégia, porém algumas empresas apostam nesse conceito.

Para exemplificar, vejamos o caso da Brandless lançada há pouco tempo com a ideia de democratizar as embalagens de supermercado.

A Brandless está localizada no Vale do Silício (Estados Unidos) e conta com um leque de produtos com a rotulação minimalista. As embalagens de seus produtos possuem apenas um box branco com todas as informações. Para ter total noção do quanto a simplicidade está presente nesse modelo, a própria assinatura da empresa também encontra-se dentro deste box sem qualquer destaque, comparando-se às demais informações.

Você deve estar se perguntando quais seriam as relações de custos e vantagens dessa estratégia não é mesmo?!

Então, com uma embalagem padrão mais simplificada, obviamente que as relações de custos de produção desse material vai despencar. Isso possibilita que os valores dos produtos também caiam, o que proporciona um atrativo para o bolso do consumidor. Com essa estratégia na redução dos custos das embalagens, a Brandless conseguiu estabelecer um preço único para todos os produtos. Qualquer item custa o valor de 1 dólar americano, aproximadamente R$3,50, desde uma faca de aço inox ou um catchup. Segundo a empresa, o padrão simplificado da identidade visual reduz o custo e impostos, e dessa forma, há possibilidade de manter o baixo custo para os clientes finais.

Os rótulos ultra simples dos produtos foram co-projetados com a agência de marketing (claro!) Brooklyn Red Antler. Os produtos utilizam seus recipientes e pacotes diferenciados, porém, mantém a características com box branco na embalagem, contendo apenas as informações primordiais do produto e o nome da empresa.

Bem prático, quando a questão é o designer para sua marca não é mesmo?!

Mas vamos lá aos próximos exemplos.

2. Logo Responsiva

Sabe quando você está navegando em um site na internet, no computador e então você resolve abrir aquele mesmo link em seu celular?

Você percebe que tanto a marca quanto o conteúdo se adequam àquele dispositivo eletrônico? Então, essas brands responsivas seguem justamente essa percepção, da adequação para diversos dispositivos e fins.

A maioria das grandes empresas já adotam esse mecanismo responsivo e adequam sua brands para cada fim específico.

Como podemos ver neste exemplo:

Fonte:trulydeeply

Percebem o quanto a marca tem diversas possibilidades de adequação conforme o objetivo no qual ela estará inserida?

Essa preocupação em deixá-la de uma forma mais ajustável para os meios, é bem interessante. Na hora de desenvolver brands é necessário que haja a questão da consistência. A estratégia permite maior facilidade de percepção dos clientes. A adequação é extremamente necessária. O modelo responsivo permite que legibilidade tanto da questão estratégica da marca quanto do conteúdo, tenham uma organização mais eficaz. Os clientes podem ter o contato com a assinatura da empresa de qualquer meio de utilização.

Mas para fazer uma identidade visual responsiva não é tão fácil como apenas pensar em adequação. Existem outros pontos de extrema relevância para que se possa realmente ter uma assinatura responsiva de qualidade. Vamos aos itens técnicos necessários para o teste de leitura da brand responsiva:

  • Desfoque da marca: Pode ser que o cliente entre para ver seu conteúdo e esqueça de memorizar o sua assinatura. Um teste para verificar se isso pode acontecer, é dar desfoque na imagem e analisar se ela pode ser confundida. Como a confusão com outras marcas não pode ser legal para sua empresa, seria bom fazer esse teste.

 

  • Diminuição de tamanhos: No exemplo foi possível notar que a logo diminui de tamanho conforme vai se adequando a outros exemplos. Porém, o tamanho também é fundamental para que o cliente perceba sua identidade visual e a memorize. Então, não hora de decidir o tamanho da imagem, verifique se não está com formato reduzido demais, que a deixe em situação imperceptível.

 

  • Opacidade: A opacidade revela em que grau ela obscurece o logotipo ou transparece a camada embaixo dela. É necessário que se baixe a opacidade e analisar se a imagem está perceptível. Assim você poderá ter uma certa precisão se o cliente percebeu e memorizou sua logo no conteúdo.

 

As brands responsivas também tem sido fundamental para as empresas. Porém, agora vamos explorar mais um estilo inovador no tópico abaixo, acompanhe.

3. Overlay

Bom, chegamos agora na nossa última dica de tendências de identidades visuais: a overlay. Essa técnica consiste em sobreposição, pois ela se detalha com uma certa transparência e profundidade para a logo.

Um dos exemplos de utilidade eficaz desse estilo é da empresa Mastercard, que após 20 anos decidiu mudar sua identidade visual adequando-a no conceito minimalista e overlay.

A ideia da mastercard era modernização em um design mais elegante e simplificado, sem necessariamente mudar sua identidade. Então decidiu por uma logo diferenciada, sem os círculos amarelos com detalhes por cima do outro círculo laranja. Agora os tons de círculo mudaram, se sobrepõe o amarelo e vermelho formando um tom laranja no centro. A palavra Mastercard também ganhou uma nova fonte e colocação, agora abaixo e não mais acima dos círculos.

Viu como a funcionalidade das marcas em overlay também tem um resultado legal? Após essas dicas, você teve algum interesse na adequação da sua identidade visual em algum desses estilos? Conte pra gente, podemos ver juntos um novo conceito para sua marca ter destaque no mercado.